7 erros na cozinha que você comete

Você guarda comida ainda quente na geladeira? Deixa lata de leite condensado aberta? Lava carne nas pia?
Pois preste atenção. O Doutor Bactéria (aquele de fantástico) fez o jogo 7 erros na cozinha. Veja o resultado.

 

#1° erro – Carnes debaixo da torneira

Primeiro, você perde nutrientes. A carne fica esbranquiçada.
Segundo: a contaminação que existe vai aumentar, porque aumenta a quantidade de água e as bactérias vão penetrar mais ainda. A única carne que você lava é o peixe e só para tirar escamas e tirar a barrigada.

 

#2° erro – Excesso de Detergente

A quantidade de detergente que costumamos pôr na esponja para lavar louça é mais um hábito condenado pelo doutor Bactéria. O detergente nunca deve ser colocado direto na esponja. Vai ser muito difícil enxaguar todo esse detergente. O resto de detergente que fica junto com os alimentos pode no futuro dar um problema para a sua saúde.
Para limpar sem exagero, você precisa apenas de oito gotas de detergente em uma bacia com um litro de água.

 

#3° erro – Tábua de carne de madeira

Na tábua de madeira as bactérias estão te aplaudindo! Tábua sempre de plástico ou vidro.

 

#4° erro – Evitar guardar comida quente na geladeira

Doutor Bactéria derruba um dos mitos mais difundidos entre as donas de casa. O único problema que pode existir é que vai aumentar um pouquinho o consumo de energia, mas não vai estragar a geladeira de modo algum. Mas nada disso adianta se você guardar na geladeira o recipiente tampado. O ar frio vai bater na tampa. Vai demorar muito para resfriar. As bactérias vão adorar! Então, coloque tudo destampado. Depois de duas horas é que você vai fechar.

 

#5° erro – Latas de Leite Condensado abertas

As pessoas pegam a lata de leite condensado e fazem dois buraquinhos minúsculos, um de cada lado.
Sai leite condensado por um lado e pelo outro entra uma chuva de bactérias. Abra a lata inteira. Use um recipiente que pode ser de plástico ou de vidro e sempre sirvam com uma colher. Depois tampem e guardem em geladeira.

 

#6° erro – Ignorar as Formigas

Você provavelmente não se importaria se encontrasse uma formiguinha em cima do seu bolo, não é?
E se fosse uma barata? Se a gente pegar uma barata, matar essa barata, deixar no meio da cozinha, no dia seguinte, cadê a barata? Sumiu!
E quem levou? As formigas…
A mesma que está em cima do bolo? É…

As formigas são consideradas até maiores agentes transmissores de bactérias do que a própria barata. Doce com formiga só pode ter um destino: a lata de lixo.

 

#7° erro – Soprar a Velinha

Esse é o mau hábito que completa o jogo de sete erros. Um teste comprova que o bolo fica contaminado por bactérias de saliva. Esta bactéria produz uma toxina que pode ocasionar aquelas intoxicações com 24 horas de vômito e mal-estar. Por isso, evite deixar o bolo fora da geladeira. Daqui por diante, faça a coisa certa e xô bactéria!

 

 

Você comete algum desses 7 erros na cozinha? Deixe um comentário!

Leia + 25 dicas e truques para facilitar a vida

8 thoughts on “7 erros na cozinha que você comete

  1. Xiiii adoro um detergente, adoro fazer um montão de espuma rs agora vou tentar me controlar e me livrar das bactérias e ainda por cima economizar!Adoro esse blog sempre com dicas tão boas, parabéns. bj

  2. Aprender o jeito certo de fazer as coisas é muito gratificante, ainda mais quando essa atitude é benéfica para o meio ambiente!
    Muito legal, Paula! Abraços.

  3. Danicat,
    Antes de saber dessa informação eu fazia um montão de espuma também.
    Um outra dica legal é colocar umas gotinhas de vinagre no detergente. Ajuda a dissolver a gordura da louça.

    Hélio,
    Obrigado pelos comentários.

    Bjs

  4. Olha, a dica sobre as carnes debaixo da torneira e o excesso de detergente realmente são muito úteis! Agora, a tábua de madeira, as formigas e as velinhas… bom, a não ser que eu tenha uma grave doença que não possa ver nenhuma bacteriazinha em meu organismo, eu já acho fanatismo. Quem vai ser o chato que vai falar: “Não pessoal, sem velinhas para o Joãzinho, não quero bactérias de saliva!” ?
    De qualquer modo, um artigo bem interessante!

  5. Caro Leonardo Fontenelle, creio que a “chuva de bactérias” entrando pelo furo da lata de leite condensado esteja relacionado ao hábito de fazer dois furos: por um sai o leite condensado e pelo outro entra o sopro e a saliva de quem irá comer o leite condesado … hehehe É o mesmo problema de apagar as velas do bolo de aniversário …
    Eu fazia isso, agora aprendi que é melhor abrir a lata todo e colocar em um recipiente plástico com tampa …

    Parabéns pelo blog! Muito bom!

  6. Uai, e como a bactéria vai entrar na lata de leite condensado? Voando? As bactérias são transmitidas principalmente por contato, então não devemos esperar uma “chuva de bactérias” por um furo. Agora, já essa colher, se encostar em outra comida, vai trazer bactérias, pode confiar! De qualquer forma, leite condensado não foi feito para durar muito tempo. Gorduroso e doce, é um prato feito para qualquer microorganismo.

  7. Essa dica de colocar as coisas quentes destampadas na geladeira é muito útil… pra fazer uma colônia de bactérias dentro da geladeira!

    Não sei da onde tiraram essa teoria de que quanto menos bactérias melhor! Eu não me importo com as bactérias na comida. Mas eu me importo com o mau cheiro e as bactérias na geladeira. A comida, depois que eu comer já não é mais problema… mas a geladeira com diferentes odores, etc deve ser uma droga! Tem gente que põe a água na geladeira… imagine o gosto que não vai ficar essa água!

    Minha sugestão é que você entre em contato com o fabricante da sua geladeira e pergunte o que eles acham da dica do “doutor bactéria”. Essas teorias de bactéria são muito bobas… é o tipo da coisa que faz sentido qualitativamente mas nenhum sentido quantitativamente.

    Outra coisa, e essa eu realmente não sei do que estou falando, é apenas um chute… mas eu acho que esse negócio de formiga ser grande transmissor de bactéria é besteira. Acredito que as formigas são muito problemáticas em hospitais e neste caso o controle é muito importante porque as formigas se tornam grandes responsáveis por infecções hospitalares. Em casa, a conversa é outra… eu me proponho a comer uma farofa de formiga se o “doutor bactéria” comer uma de barata.

    André.

  8. André,

    A comida deve ser tampada após o resfriamento. Caso queira poupar a geladeira, vale resfriar os alimentos em um pote com gelo.

    A água da geladeira, deve ser tampada também pra não pegar gosto.(também detesto água com gosto de geladeira ;P).

    Bom eu não acho certo acabar com todas as bactérias (elas são boas) mas deixá-las se prolifera me agrada muito menos.

    bj

Comments are closed.