7-dicas-para-entregar-a-declaracao-de-imposto-de-renda-fb

Entregar a declaração de imposto de renda não é mais um bicho de sete cabeças, já que a Receita Federal vem melhorando o sistema de declaração de ajuste anual com frequência. Mas se você nunca fez ou está com dúvidas, vamos mostrar passo a passo como preparar e entregar sua declaração de imposto de renda.

 

#1. Separe os documentos

O informe de rendimento e todas as despesas dedutíveis, ou seja, valores que “abatem” ou diminuem o imposto, como: despesas médicas, instrução (colégio e curso), informação de variação patrimonial em caso de reforma que valorize o patrimônio.                

Declaração de Imposto de Renda

 

#2. Conheça o sistema da Receita Federal

A Receita Federal disponibiliza dois programas, o IRPF 2015 para preencher sua declaração, e o Receitanet para enviá-la. Podem ser encontrados na página oficial da Receita Federal. Clique aqui

Declaração de Imposto de Renda

 

#3. Em caso de dúvida siga o tutorial

Se você encontrou dificuldade para fazer o download, a receita disponibiliza um tutorial para auxiliá-lo, e durante o preenchimento da declaração é possível clicar no botão “ajuda” se surgir dúvida sobre o campo a ser preenchido.

 

#4. Preenchimento

Nesta fase você deve inserir as informações de rendimento, bens, pagamentos efetuados, etc. Se você fez este processo nos anos anteriores, as informações principais devem estar salvas no sistema, basta importa-los.                   IR3

 

#Dúvidas mais frequentes

Quando optar pela simplificada?

Quando você não tem despesas dedutíveis a declarar. Ex. despesas com dependentes, saúde, instrução, pensão alimentícia.

Depois de concluir o preenchimento de todos os dados, o programa dá a opção de escolher a declaração simplificada ou a declaração completa, já informando os valores de restituição ou de imposto devido em cada modelo. Assim, basta escolher o modelo que tiver a maior restituição ou o menor imposto a pagar.

 

Como devo declarar dependentes?

O valor da dedução anual em 2015 é de R$ 2.253,56 por dependente. E com instrução, R$ 3.527,74. Verifique se vale a pena colocar o cônjuge como dependente, pois os rendimentos serão somados. É possível preencher os campos e simular o resultado antes de optar.

 

#5. Procure orientação

Procure orientação de um profissional para não colocar informações de maneira errada, ser contraditório na declaração fará com que você caia na chamada malha fina (fiscalização).

Declaração de Imposto de Renda

 

#6. Corrija os erros

O sistema vai mostrar se houver erro de preenchimento, bem como os links que direcionam para cada erro. Corrija-os antes de salvar o arquivo.

Declaração de Imposto de Renda

 

#7. Envie

Na etapa final basta enviar o arquivo, que está salvo em seu computador, pelo sistema Receitanet. É possível imprimir o recibo de entrega.

Lembre-se que o atraso na entrega da declaração gera multa de R$ 165,74. Já basta a quantidade de impostos, multa é inaceitável. Por isso, esteja atento ao prazo final dia 30/04/2015, entregue a declaração o quanto antes, pois você pode ser surpreendido com a restituição de imposto de renda.

 

Você tem alguma dica ou alguma dúvida sobre a declaração de imposto de renda? Deixe um comentário!

Leia+ Mantenha cópia dos documentos

 

Siga nas redes sociais:

7-dicas-para-entregar-a-declaracao-de-imposto-de-renda-pin

Marcella é formada em Comunicação Social com habilitação em Relações Públicas. Estudou contabilidade empresarial e planejamento de orçamento familiar pela Fundação Getúlio Vargas. Apaixonada por fotografia e gastronomia.

Comments