Parece que a cabeça funciona melhor quando nossa casa está organizada. É mais aconchegante, limpo e tem cara de lar! Se você já viveu assim, mas alguma circunstância da vida te tirou do rumo da organização e agora está entregue à bagunça, o jeito é recomeçar!

Queremos te dar a força necessária para voltar a ter um lar organizado. Permita-se a esse desafio. Com certeza vai impactar positivamente sua vida.

 

# 1. O QUE MUDOU?

É importante identificar o que mudou nesse período. O que aconteceu para que a organização ficasse de lado? Pode ser a chegada de um filho, final de faculdade, stress no trabalho, divórcio… Com esse entendimento bem claro na cabeça, fica mais fácil lidar com a dificuldade e recomeçar!

 

# 2. MONTE UM TIME

Sua iniciativa de voltar à organização tem mais chance de dar certo se trabalhar em equipe. Para quem vive em família, todos devem participar do processo, inclusive as crianças. Os solteiros também podem contar com o apoio dos melhores amigos ou vizinhos. O importante é ter mais gente para dar apoio e ideias e cobrar resultados.

 

# 3. ESTRATÉGIA

Tudo na vida funciona melhor com estratégia, e na organização não poderia ser diferente! Procure boas referências e conteúdo relacionado, reúna seu time e prepare a estratégia de ataque à bagunça. Você pode começar respondendo a estas perguntas:

– O quanto isso é importante para nós?

– Todos podem colaborar com a organização?

– Qual cômodo da casa precisa de mais atenção?

– Precisamos de materiais ou utensílios específicos para organizar?

LEIA + Como receber ajuda das crianças nas tarefas domésticas

# 4. ROTINA

Será necessário estabelecer uma nova rotina pessoal incluindo as atividades de organização da casa. Paralelo a isso, a casa também deve ter uma rotina de organização. O que deve ser feito uma vez por semana pode ter dia determinado e vai funcionar bem melhor se todos os moradores estiverem a par e colaborarem.

Exemplo: quarta-feira é dia de lavar roupa de cama, então, ao acordar na quarta, cada um pega seu lençol e leva até a lavanderia.

LEIA + Como criar rotinas para a casa

# 5. LISTA

Geralmente temos a rotina na cabeça e só anotamos quando marcamos uma consulta médica ou não podemos esquecer algum aniversário, mas quem está voltando para uma vida organizada sabe que não vai funcionar se deixar tudo por conta da memória. Por isso, é importante ter uma lista na agenda ou um aplicativo. Quando você anota o que deve fazer, é como se tornasse aquele compromisso “real”.

 

# 6. PRIORIDADE

Nossa tendência natural é fugir do que é trabalhoso (para não dizer chato! rs). Você pode estar com tudo pronto e pensar “legal, domingo eu começo”. Até ser feito naturalmente, sua atenção deve ser máxima para não esquecer ou deixar de lado a lista de atividades do dia. Use timer, mural, ou painel na cozinha para te fazer lembrar, mas tenha seu objetivo de organização como prioridade máxima nos primeiros 21 dias, pelo menos.

 

# 7. DESCARTE

Se você não sabe por onde começar, uma dica é começar descartando o que está vencido, quebrado ou não tem mais uso. Claro que, nessa fase, algumas coisas devem ser destinadas à doação e outras a um conserto. O importante é não acumular. Isso vale para todos os cômodos da casa.

 

# 8.CADA COISA EM SEU LUGAR

Regra de ouro da organização: defina uma “casa” para cada item e informe todo mundo que depois do uso eles devem voltar para o seu lugar de origem. Controle remoto, brinquedos, sapatos, carregador de celular, etc. Este tipo de “coisa” deve ter um local específico pra ficar quando não estiver sendo usado. Use etiquetas para lembrar, se necessário.

LEIA + 70 dicas para organizar tudo

# 9. EXPECTATIVA X REALIDADE

É muito importante trabalhar com uma expectativa real para não se frustrar e acabar abandonando tudo. Tenha em mente que a mudança deve acontecer gradualmente, e dia após dia você vai reconquistar a organização na sua casa.

Espero que este post tenha te dado a injeção de ânimo necessária! Não desista de ter mais qualidade de vida no seu dia-a-dia, não desista da sua casa.

Tem outra dica e quer compartilhar com a gente? Deixe um comentário!

Até a próxima 🙂

Siga nas redes sociais:

Marcella é formada em Comunicação Social com habilitação em Relações Públicas. Estudou contabilidade empresarial e planejamento de orçamento familiar pela Fundação Getúlio Vargas. Apaixonada por fotografia e gastronomia.

Comments