Você já deve ter notado um estilo de decoração para quarto infantil com cama e móveis em nível baixo ou no chão, paredes e tapetes com muita cor e textura, além de espelhos pelo quarto…

Não é apenas tendência, por trás deste estilo há um método rico em informações sobre desenvolvimento infantil criado pela médica e pedagoga Italiana: Maria Montessori ( 1870- 1952), curiosamente a primeira mulher a se formar em Medicina na Itália. Montessori desenvolveu uma teoria de ensino pedagógico cujo princípio é dar autonomia à criança para estimular seu desenvolvimento; aplica-se o método já nos primeiros meses dos pequenos pois, segundo a pedagoga, durante a primeira infância aprendemos “com as mãos”, desta forma o ideal seria ter à disposição um ambiente que favoreça a experimentação, o toque e os sentidos (visão, audição, tato, paladar). Explorando este ambiente num ritmo natural a criança passa a compreender a relação entre o concreto e o abstrato.

Por que um quarto Montessoriano?

Um quarto infantil comum nem sempre é feito do ponto de vista da criança, mas sim dos adultos. Já o quarto Montessoriano contempla o olhar infantil dando-lhe condições de aprender a ser autônoma e organizada, pois a criança deve alcançar todos os cômodos e áreas, para colocar cada item em seu lugar, inicialmente com o incentivo dos pais, claro.

Se você está interessado pelo método e quer conhecer um pouco mais, a seguir 10 passos para adequar um quarto infantil à teoria Montessoriana.

 

# 1. Cama

Pensando na autonomia dos pequenos, ao acordar ou na hora de deitar eles devem fazer isso com facilidade e segurança, por isso a cama está sempre em nível baixo, acompanhando seu crescimento.

 

# 2. Armários

O quarto parte do ponto de vista da criança, então os armários devem estar na altura dela, sendo acessíveis para que possam guardar seus pertences.

 

 

# 3. Paredes

Além de setorizar o quarto, as paredes decoradas auxiliam na composição de um ambiente criativo com cores, desenhos e formas geométricas. Fizemos um “antes” e “depois” no quarto de uma princesa, de 7 anos, com inspiração Montessoriana. Usamos os adesivos de parede da Qcola, super fácil de aplicar, veja:

 

 

# 4. Chão

O chão do quarto Montessoriano merece uma atenção especial! É nele que a criança vai engatinhar, brincar ou deitar para ler um livro. Por isso deve-se investir em tapetes para deixar o ambiente bem confortável, e para facilitar a limpeza, os modelos indicados são os de fibra lavável ou tatames.

 

# 5. Área criativa

Toda criança é naturalmente criativa e tem a necessidade de se expressar, para incentiva-las separe uma área criativa com estrutura para pintar, desenhar e criar!

 

# 6. Leitura

É a base da educação formal, mas também fonte de inspiração para a imaginação e o lúdico. Toda criança deveria ser incentivada à leitura, pra isso um local específico com livros pra idade deles, claro, é uma parte importante do quarto.

 

# 7. Organização

Para aplicar bem o método é muito importante planejar formas eficientes de organização, tenha em mente que as crianças terão livre acesso à todos os seus pertences! Se os pais não estiverem dispostos à ensinar que devem guardar depois de usar, o quarto irá virar um caos…Exige paciência sim, até ser rotina, mas esta experiência irá desenvolver senso de organização nas crianças.

Cestos e a marcenaria estão sempre a favor da organização.

LEIA+ 10 dicas para organizar quarto de criança.

# 8. Iluminação

Tem o papel de deixar o quarto mais aconchegante, a criança irá se sentir mais segura caso acorde no meio da noite, além de criar um clima lúdico no ambiente bem convidativo à brincadeira!

# 9. Espelhos

O método Montessori orienta o uso de espelhos nas paredes do quarto. Para os bebês é ainda mais importante, já que demora a entender que ele e a mamãe não são a mesma “coisa”, portanto auxilia no processo de reconhecer como ele é.

Para não descuidar da segurança, estes espelhos podem ser de acrílico ou instalados com uma película protetora contra quebra.

 

# 10. Brinquedos

Para os brinquedos, a orientação do método é não deixa-los todos a mostra de uma vez para a criança, fazer um rodízio no espaço dedicado a eles.

 

 

“Nem a educação nem a vida deveriam se limitar às conquistas materiais. Os objetivos individuais mais importantes seriam: encontrar um lugar no mundo, desenvolver um trabalho gratificante e nutrir paz e densidade interiores para ter a capacidade de amar.” Maria Montessori

 

#Onde comprar

Qcola decoração


Os produtos foram enviados pela Qcola e testado pelo blog Chega de Bagunça.

 

Espero que este texto tenha esclarecido sobre este método pedagógico! Entendo que não são todas as famílias que se adaptariam à ele, mas certamente alguns conceitos podem ser utilizados.

E você, o que achou? Conta pra gente, deixe um comentário.  🙂

Leia+ 5 maneiras de focar nas crianças

 

Até a próxima.

Siga nas redes sociais:

Marcella é formada em Comunicação Social com habilitação em Relações Públicas. Estudou contabilidade empresarial e planejamento de orçamento familiar pela Fundação Getúlio Vargas. Apaixonada por fotografia e gastronomia.

Comments

Show Buttons
Hide Buttons