Manter a casa em ordem muitas vezes é difícil? Para muita gente, só manter o quarto arrumado já é complicado, mas difícil mesmo é organizar as finanças. Se ela não estiver em ordem é possível as coisas comecem a ir mal. E essa é provavelmente a bagunça mais difícil de organizar.

Muita gente espera o 13º salário, seja para pagar aquelas continhas que estouraram o orçamento, ou para torrar com presentes, festas, roupas para festas e outras despesas que nem sempre são tão relevantes assim. No Brasil, o 13º é responsável por injetar mais de R$ 190 bilhões de reais na economia do país. Mas, qual é a forma mais correta de usar o dinheiro “extra”? Depende.

 

#1.Quitação de dívidas

Se você tem dívidas, é a hora de dizer “chega de bagunça”. Usar o décimo terceiro salário de forma inteligente, nesse caso é sinônimo de quitar as dívidas. Sejam elas pequenas ou grandes.

Leia+ Fuja das 5 ciladas do cartão de crédito

 

#2. Antecipação de parcelas

Vale pensar até mesmo em quitar ou pagar uma quantidade maior de parcelas de uma compra feita a longo prazo, ou até de um financiamento.  Mas poxa, porque pagar parcelas a mais se elas cabem no bolso mensalmente?

Simples, assim diminui a quantidade de juros a ser pagos. Se você parar para fazer a conta de quanto as pessoas pagam em juros no financiamento de um carro, parcelado em 72 vezes, pode-se observar que, com a diferença quase dá, ou até dá, para comprar outro carro.

Ou seja, persistir em pagar 72 parcelas simplesmente porque não pesam no orçamento mensal é o mesmo que deixar de investir em outro bem, ou em poupança, ou algo que faça o dinheiro render, só porque não consegue enxergar que o quitar de uma vez a dívida é o melhor caminho.

Leia+ 5 dicas para se organizar e pagar as dívidas

 

#3. Gastos de começo de ano 

Agora, se você não tem dívidas, parabéns! Pertence a um grupo pequeno de pessoas que consegue fechar o ano com o orçamento em dia. Mas, não se empolgue. Antes de torrar o 13º em coisas compradas por impulso, pare, respire, guarde o dinheiro e pense.

É melhor torrar tudo de uma vez ou separar o valor em quantias iguais, ou razoavelmente iguais e utilizá-lo de forma mais inteligente?

É claro é que é destinar uma quantia para cada necessidade. “X” vai para a poupança; “X” para comprar aqueles itens necessários, afinal, depois de um ano inteiro, é bom poder comprar o que bem entender; e “X” é para todos aqueles gastos de começo de ano que costumam deixar as pessoas em crise exatamente pela falta do dinheiro que sobrou no fim do ano. Não lembra quais gastos são esses? IPVA, IPTU, matrícula da escola/faculdade, material escolar, uniforme da crianças, seguro de carro, entre outros.

É difícil pensar em tudo isso quando o montante está na mão, mas é necessário para começar o ano com tudo em dia e a vida organizada.

 

#4. Orçamento anual

Uma das melhores formas de fazer isso é comprar um caderninho e nele colocar tudo o que precisa ser comprado, o que você quer, mas pode esperar para ter, as despesas fixas, as despesas de começo de ano e o quanto você deseja guardar.

E o ideal é que isso seja feito todos os meses, assim é quase impossível gastar mais do que se tem porque o valor será acompanhado diariamente.

Na primeira linha da página, coloque o valor recebido, em seguida as despesas fixas, logo abaixo tudo o que for sendo adquirido, mesmo que seja no cartão (não esqueça de já fazer a marcação para o próximo mês quando a compra for parcelada). Tudo deve ser anotado, compras grandes e pequenas, só assim é possível controlar ao pé da letra; ou desse caso, do número.

Os mais habilidosos, podem fazer a planilha no Excel e inserir fórmulas para que a cada novo valor incluído, positivo ou negativo, o valor final já seja apontado.

Leia+ Como organizar o orçamento doméstico

 

#5. Investimento 

E não esqueça! Separe nem que seja R$ 100 por mês para poupar. Parece pouco, mas no fim das contas, é dinheiro para ao longo de alguns anos servir até como forma de investimento. Escolha a forma mais segura ou rentável de investimento de acordo com seu conhecimento e perfil.

 

Organize sua vida financeira e feliz 13º!

 

 

Gostou das dicas? Deixe um comentário

Leia+ Guia prático para poupar dinheiro

 

Até a próxima!