Você se confunde na hora de arrumar a mala e sempre acaba se esquecendo de algo?

Calma, isso acontece até com quem está acostumado a viajar com freqüência. E por causa disso é que hoje em dia existe até serviço especial para quem não quer se preocupar com o ato de arrumar a mala. Isso mesmo. Você contrata um profissional para ir à sua casa, e ele não só escolhe as melhores peças que se adequam à sua viagem como também dispõe os itens na bagagem. Melhor usar esse dinheiro no próprio destino?

Então o jeito é encarar o desafio de fazer a sua própria mala. Para evitar o risco de esquecer algo importante, não deixe a tarefa para a última hora.

 

#1. Separe com antecedência

Se possível, coloque a mão na massa na véspera do embarque ou mesmo antes, se a viagem for de longa duração. Assim dá tempo de acrescentar itens esquecidos e tirar aqueles que, pensando melhor, você não vai usar mesmo. Com o objetivo de visualizar bem o que precisa entrar na bagagem, disponha as peças de roupas em uma cama, todas bem separadinhas: camisetas em um monte, calças em outra, calcinhas e/ou cuecas em um terceiro e assim por diante.

 

#2. Defina as pelas de acordo com o clima e as ocasiões

Enquanto faz isso, defina mentalmente em que ocasiões vai usar cada conjunto. Claro, as escolhas dependem do clima do destino, mas nunca se esqueça de levar pelo menos uma muda da estação inversa ao esperado, por exemplo, uma blusa de frio no verão ou uma regata no inverno, pois as mudanças climáticas são cada vez mais comuns. Também o motivo e o estilo da viagem influenciam na sua decisão. Saídas a trabalho exigem roupas formais, cruzeiros com noite do capitão requerem ao menos um blazer (para os homens) ou um vestido mais caprichado (ou mesmo de gala), férias na praia demandam maiô, chinelos de dedo, protetor solar…

 

#3. Organize tudo na mala

Mãos à obra. Definidas as peças a levar, agora é hora de dispor tudo na bagagem. E a consultora revela a sua tática: “É sempre bom começar pelas peças mais longas, como as calças e os vestidos longos. Estenda-os no fundo da mala deixando uma parte para fora. No meio, coloque os outros itens, como as bermudas, as saias e os blazers. Quanto menos dobrar cada um deles, melhor, pois, quanto mais dobras, maior o volume. Faça rolos com as peças mais leves, como as camisetas, e as encaixe com as roupas íntimas nos espaços entre as outras roupas que já estão na mala (nos cantos sempre cabem esses rolinhos). Agora, dobre as pernas das calças e dos vestidos que ficaram para fora por cima das roupas. As meias e os cintos devem ficar dentro dos sapatos, e estes devem também devem ser encaixados no final em saquinhos”. Só que esses sacos não devem ser de plástico na opinião da personal organizer Paula Fuzeto, autora do blog Chega de Bagunça. “Os saquinhos rasgam e, além disso, rolam dentro da mala, acabando com a organização.” Ela recomenda então os saquinhos de TNT ou algodão, que muitas vezes vêm na própria caixa do sapato ou que podem ser comprados em sapatarias especializadas. Paula ainda lembra que os sapatos ficam mais bem acomodados ainda em uma mala-sapateira. E, voltando à mala principal, ela dá dica preciosa sobre a disposição dos itens: “Para evitar que as roupas amassem, o melhor é não deixar espaços livres. As malas dão cambalhotas nas esteiras e nos bagageiros”.

 

#4. Fique atento ao excesso de bagagem

E não se esqueça das limitações para a bagagem de mão nos vôos internacionais (ou domésticos, se o portão de embarque utilizado for internacional), como a proibição da existência de frascos de mais de 100 ml com líquido. Por conta dessa e outras restrições (veja quadro abaixo), o ideal é enfiar num desses espaços vazios da mala a nécessaire com os produtos de higiene. Ainda se for viajar de avião, reserve pelo menos uma muda de roupa para a bagagem de mão, para não ficar descoberto se a sua bagagem for extraviada. Viu como no fim a arrumação da bagagem não é tão difícil? Pois então, mãos à obra e boa viagem!

 

Hora de fazer as malas

Essa matéria que saiu no Diário do Comércio pela jornalista Maristela do Valle. Gostou das dicas? Deixe um comentário!

 

 

Até a próxima!

Siga nas redes sociais:

Paula é Designer de interiores, personal organizer, publicitária e blogueira. Acredita que a organização melhora a qualidade de vida e que menos é mais sempre. Ama design, decoração, moda, gastronomia e viagens!

Comments

Show Buttons
Hide Buttons