como-organizar-o-orcamento-domestico-fb

Podemos chamar de orçamento doméstico quando a receita e as despesas do lar são administradas com estratégia. Ter o orçamento familiar em dia permite que sobre um dinheirinho para poupar, e quem sabe tirar do papel aqueles planos de viagem ou curso de línguas que você precisa concluir. Ainda não conseguiu se organizar financeiramente? acompanhe estas dicas.

 

#1. Some a renda familiar 

Some a renda familiar prevista para o mês, inclua o salário de toda a família, ganhos adicionais, presentes em dinheiro ou o pagamento de algum empréstimo feito a um amigo.

Como organizar o orçamento doméstico

 

#2. Conheça o orçamento da sua família?

Seja por aplicativos, excel ou caderno, ter tudo registrado é o primeiro passo para se organizar financeiramente.Anote também os valores mensais de todas as contas (despesas fixas): água, luz, gás, supermercado, salário da diarista, planos de telefone, internet e TV a cabo, gasto com as crianças, os pets e com o carro que inclui manutenção, gasolina e seguro. Não se esqueça das despesas variáveis: manutenção da casa, medicamentos, lazer, restaurantes, etc.

 

#3. Identifique gastos esporádicos

Chegou a hora de traçar o seu padrão de gastos esporádicos. Para isso, consulte as últimas faturas do cartão de crédito, os canhotos dos talões de cheque, o extrato do banco com a relação dos pagamentos efetuados no cartão de débito e os saques em dinheiro.


organizar o orçamento doméstico

 

#4. Contabilize as tarifas cobradas pelo seu banco 

Não esqueça de contabilizar as tarifas cobradas pelos bancos. Consulte o seu extrato para listar os custos da manutenção da conta corrente, juros e outras taxas.

 

#5. Liste os gastos com filhos ou dependentes

Se você tem filhos ou dependentes, liste esses gastos em uma categoria à parte. Não deixe de incluir despesas com presentes, passeios, computador, celular e, claro, poupança ou plano de previdência estudantil, para pagar a faculdade.

 

#6. Analise as despesas fixas 

Analise todas as categorias de despesas fixas e destaque aquelas que você pode cortar ou reduzir. Será que você precisa mesmo de uma conexão banda larga ? Dá para trocar o plano do celular?

 

#7. Pesquise preços 

Pesquise preços de serviços semelhantes e tente negociar descontos com os fornecedores atuais. Se eles não reduzirem as tarifas praticadas, troque-os por outros mais baratos. Some as economias que você obteve com as mudanças e planeje a melhor forma de investi-las.

 

#8. Exerça controle

Esta fase é complicada, porém necessária. Identificado o gasto crescente, é o momento de exercer controle e buscar reduzi-lo. Recomenda-se analisar os planos de telefonia e TV a cabo, para não pagar por serviço que não está sendo utilizado.

 

#9. Envolva a família

Quanto maior a participação da família, maior a chance de sucesso no controle e redução de gastos do orçamento. Crianças e adolescentes precisam participar, entendendo que cada compra tem um impacto no orçamento familiar.

0002048142ss-1920x1280-1024x683

#10. Hora de planejar

Com os gastos sob controle, é possível poupar e começar a planejar as férias da família ou uma nova aquisição.  O melhor dos mundos é poupar e pagar a vista, mas se não for possível, o valor das parcelas devem estar dentro da previsão de gastos da família.

family-591579_1280

 

Cá entre nós, às vezes parece que dinheiro tem pernas, pois quando você se dá conta ele desaparece!  O orçamento familiar está sempre em movimento por isso exige esta organização. Invista tempo neste planejamento, vale a pena!

Tem alguma dica para organizar o orçamento doméstico? Deixe um comentário.

 

Leia+ Dinheiro e casamento

 

Até a próxima.

Siga nas redes sociais:

como-organizar-o-orcamento-domestico-pin

Marcella é formada em Comunicação Social com habilitação em Relações Públicas. Estudou contabilidade empresarial e planejamento de orçamento familiar pela Fundação Getúlio Vargas. Apaixonada por fotografia e gastronomia.

Comments

Show Buttons
Hide Buttons