Você deixa de pagar contas por causa do acúmulo de papéis e a falta de lugar para guardá-los?

 

Quando estiver organizando documentos, uma dica é utilizar arquivos sanfonados, facilmente encontrados em papelarias. Uma pasta pode ter numeração de 1 a 31 para as contas a pagar durante o mês e outra pasta pode servir para armazenar os comprovantes com a identificação das contas pagas: IPTU, IPVA, luz, água, cartão de crédito, etc.

 

Os locais mais indicados para colocar esses arquivos são: no home office, perto da entrada ou então, crie em sua casa uma área para preparar as contas a pagar e mantenha no local todo o material .

Para isso:

  • as próprias contas
  • calculadora
  • caneta
  • lápis
  • grampeador.

Guarde esses objetos em uma gaveta próxima ou numa caixa que pode ser deixada dentro do armário enquanto você não precisa deles.

 

#1. Descarte

Verifique cada documento e descarte o que for desnecessário. Guarde apenas aqueles que você tem certeza que serão úteis. Arquive o que sobrou por assunto em caixas com visor ou caixa arquivo.

 

#2. Guarde

  • Fatura de Cartões de Crédito: 1 ano
  • Contratos de seguro (incluindo Seguro Saúde) – 1 ano
  • Contrato de aluguel – 3 anos
  • Imposto de Renda, IPTU, IPVA, contas de água, luz, telefone e gás – 5 anos
  • Recibos – 5 anos
  • Plano Saúde – 5 anos
  • Pagamento de condomínio – 5 anos
  • Prestação da casa e consórcios – 5 anos (após a quitação)
  • Mensalidades escolares – 5 anos
  • Nota Fiscal – de qualquer tipo de produto ou serviço deve ser guardada não somente pelo prazo de garantia, mas pelo prazo de vida útil do produto. Isso vale, por exemplo, para eletrodomésticos, eletro-eletrônicos, automóveis, etc.

As companhias que fornecem serviços públicos como água, luz, gaz e telefone podem emitir ao final de cada ano um comprovante de quitação. Isso permite que todas as faturas e comprovantes possam ser descartados, liberando mais espaço em casa.

 

#3. Nunca descarte

  • Holerites – até a aposentadoria, junto com as rescisões de contrato.
  • Carnê do INSS – Para efeito de previdência social, profissionais autônomos devem guardar o até o pedido do benefício da aposentadoria.
  • Certidões – Lembre que devem ser guardadas para sempre, assim como a carteira de trabalho e os contratos.

 

 

Tem alguma dica de como organizar documentos? Deixe um comentário

Leia+: 10 dicas para sair do vermelho