Viver com alguém como um colega de quarto, cônjuge, filho, parceiro pode ser difícil, especialmente quando essa pessoa não tem as mesmas expectativas de organização que você. Se você está constantemente chateado por a pessoa com quem você convive ser bagunceiro, pense em tomar essas medidas para reduzir suas frustrações. Veja 4 passos para conviver com um bagunceiro.

 

#1. Agende um horário falar sobre a casa

Agende um horário para conversar sobre a casa. É melhor que essa conversa ocorra em um local público, uma vez que as pessoas estão menos propensas a causar “uma cena” em um bom restaurante ou em um café.

 

#2. Saiba como seria sua casa ideal

Tenha uma visão clara de como seria a casa ideal. Muitas vezes, as pessoas dizem: “Eu queria que a casa fosse mais organizada.” Isso é bom, mas é vago e não explica como é ter uma casa organizada e como ela deve funcionar. Saiba como você vai se livrar da bagunça – que tal se programar para que a cada começo de primavera e outono fazer uma super faxina e destralha? Reserve o primeiro fim de semana da nova estação para revisar a casa e se livrar de tudo que não é necessário, tenha um plano para manter a casa organizada , reserve 1 hora por semana para isso, pode ser no domingo. Se você não orientar sua família, eles não saberão o que fazer e como agir.

 

#3. Lembre-se que sujo e bagunçado não são a mesma coisa

Sujo é quando há comida estragada no chão, fogão, ou bancadas, além de infestações de insetos, paredes sujas e tapetes mofados. Uma casa suja não é segura para seus habitantes e essas condições não devem ser toleradas. No entanto, “bagunçado” é um conceito subjetivo e se refere apenas aos objetos que estão fora do lugar.

Nem todos em sua casa podem ter os mesmos padrões de desordem e organização. Chegar a um acordo sobre essa definição é importante. Durante sua conversa, todos devem identificar o que é bom e o que não é – sujo nunca é bom, bagunçado está em debate. Você não é a única pessoa em sua casa, e você deve ser flexível. Por exemplo, tudo bem se um membro da casa fizer uma grande bagunça enquanto trabalha em um projeto, mas sempre que parar de trabalhar neste projeto, mesmo que seja por algumas horas ou quando o projeto for finalizado, todos os materiais têm que ser guardados e a área de trabalho precisa ser limpa. É necessário deixar claro que você não gosta da área bagunçada durante o trabalho, mas está ok com isso, desde que a bagunça vá embora logo após o período de trabalho.

 

#4. Você não é da polícia da organização

Uma vez que o sistema está combinado por todas as pessoas da casa, todos precisam ter disciplina e cumprir o combinado. Se alguém não está seguindo as normas acordadas, é hora de ter outra conversa para descobrir o porquê. Os padrões podem ter sido irreais para o tempo disponível para se dedicar as tarefas ou a pessoa pode não entender completamente o que é sua responsabilidades. Uma conversa de acompanhamento que respeita a outra pessoa é necessário, não um fluxo constante de irritante de brigas e discussões. Isso é desrespeitoso, mesmo com as crianças.

 

 

Tem alguma dica para conviver com um bagunceiro? Deixe um comentário.

Leia + 12 passos para uma casa sem bagunça